Vender milhas é legal?

Sim! Vender milhas é legal e não existe nenhuma lei que proíba essa prática. Entenda.

Essa é uma boa pergunta e, até hoje, deixa muita gente com receio no momento de rentabilizar suas milhas. Aconteceu com você? Despreocupe-se. Vender milhas aéreas é legal e a gente explica o porquê.

Vender milhas é legal sim

A dúvida de muitas pessoas, e talvez a sua também, diz respeito ao fato de que, apesar de não haver nenhuma lei que proíba a negociação das milhas pelos consumidores, os contratos dos programas de milhagem têm uma cláusula que não permite a venda das milhas. E aí?

Para entender por que é possível vender suas milhas, é necessário compreender melhor como exatamente atuam os programas de fidelidade.

Funciona assim: o parceiro comercial do programa de milhagem (banco, loja, companhia aérea, etc) compra as milhas dos programas de fidelidade. Quando você paga a anuidade e as faturas do seu cartão de crédito, paga também pelos seus pontos acumulados. Da mesma forma, quando você compra um produto ou uma passagem aérea, por exemplo, está pagando também pelas milhas cujo valor está embutido no preço final. É nesse momento que o parceiro comercial repassa as milhas compradas do programa para você. Depois, você utiliza essas mesmas milhas para resgatar passagens, produtos e serviços.

Outra forma de adquirir milhas é comprá-las diretamente das companhias. Hoje, as empresas aéreas têm clubes e programas com planos diferenciados para cada perfil de cliente.

Ou seja, em todos esses casos, quem acaba pagando pelas milhas é você. Então, por que não poderia revendê-las?

Juridicamente, as leis e normas brasileiras vedam a imposição de cláusula de inalienabilidade para negócios jurídicos onerosos (aqueles que envolvem compra e venda, por exemplo). E, como pontos e milhas são adquiridos dessa forma (afinal, você paga por eles), tentar impedir sua transferência é considerada uma prática abusiva, já que priva o consumidor do seu próprio patrimônio.

O que isso significa? Que o consumidor é o proprietário de suas milhas e pontos. Portanto, é ele quem decide a destinação que dará a eles.

Suas milhas podem ser a viagem de alguém

De acordo com o último estudo do Banco Central, feito em parceria com empresas de emissão de cartões e divulgado pela Folha de São Paulo, 53,4 bilhões de milhas expiraram em 2014 por falta de uso. Isso equivale a 24% da pontuação conquistada naquele mesmo ano.

Levando em consideração que um voo doméstico custa, em média, 10 mil milhas, o desperdício de 53,4 bilhões representa cerca de 5.340.000 de viagens deixaram de acontecer. Resumindo, mais de 5 milhões de viagens. Já pensou nisso? A MaxMilhas já!

Como vender milhas acumuladas pela MaxMilhas?

Já negociamos mais de 10 bilhões de milhas aéreas e possibilitamos mais de 1 milhão de viagens com economia. Pelo site, você faz a oferta de venda de milhas sem nenhum custo, determina o preço que pretende faturar a partir de uma estimativa e recebe seu dinheiro em até 20 dias após a emissão da passagem. Com a negociação, ganha o vendedor de milhas e ganha quem pode aproveitá-las para viajar mais.

Pela MaxMilhas, todo mundo ganha

Vantagens para quem tem milhas para vender

Além de garantir uma renda extra, vender milhas é uma forma de não deixar seus pontos do cartão de crédito expirarem, evitando, assim, que você perca dinheiro. Para se ter uma ideia, 40 bilhões de pontos do cartão de crédito e 30 bilhões de milhas de programas de milhagem se expiram por ano. Isso representa a perda de um consumo potencial de R$ 2 bilhões.

Outra vantagem para quem deseja vender suas milhas é poder participar da realização de sonhos de outras pessoas. E para nós, esse é um dos maiores valores do nosso negócio. Então, aproveite! Pelo nosso site, é possível ofertar suas milhas sem nenhum custo e ainda escolher qual é o preço que deseja vendê-las com base nas ofertas dos outros vendedores cadastrados.

 

Vantagens para quem deseja viajar com mais economia

Segundo um levantamento realizado pela empresa alemã GoEuro, o Brasil tem a 12ª passagem aérea mais cara do mundo. Comparada a outros países, as passagens brasileiras custam mais do que o dobro de uma viagem de mesma distância no México ou na China, e até três vezes mais do que uma viagem nos Estados Unidos. Nesse sentido, o brasileiro sempre foi um refém dos preços das passagens aéreas.

A MaxMilhas chegou para mudar essa história e mostrar que é possível viajar de avião com mais economia. Possibilitamos a emissão de passagens aéreas utilizando as milhas dos nossos vendedores. Assim, conseguimos voos bem baratos. De 2013 para cá, já intermediamos a venda de mais de 4 milhões de passagens.

 

Vantagens para os programas de fidelidade

Nosso negócio estimula os consumidores dos programas de fidelidade a utilizarem mais os meios de acúmulo de milhas (cartões de crédito, postos de abastecimento de combustível e por aí vai). Com mais possibilidades de uso, as milhas ganham liquidez e fazem girar toda a cadeia do negócio.

O resultado disso são consumidores cada vez mais incentivados a comprarem e acumularem milhas. Da mesma forma, o resultado é uma venda maior para os parceiros comerciais dos programas de fidelidade. Isso mostra como contribuímos para ampliar o mercado de milhas.

 

Vantagens para as companhias aéreas

Pela nossa pesquisa, 37% dos nossos clientes afirmaram que não viajariam se não fosse pela economia gerada pela MaxMilhas. Essa parcela corresponde a clientes que voaram de avião pela primeira vez e pessoas que optariam por outro meio de transporte se não fosse pelo nosso site, o que representa novos clientes para as companhias aéreas. São mais de 2,5 milhões de usuários cadastrados em nosso site, ou seja, mais de 2,5 milhões de pessoas voando com economia e descobrindo que é possível viajar de avião cada vez mais.

Legal, né? Legal para quem vende milhas, legal para quem quer viajar barato, legal para a companhia aérea, legal para o programa de fidelidade e, principalmente, para os brasileiros, que merecem viajar mais.

 

Quero vender milhas