O que fazer com as milhas enquanto você não pode viajar?

Muita gente teve que mudar os planos de viagens por conta da pandemia. Além dos cuidados e das medidas sanitárias para viajar, alguns destinos restringiram a entrada de turistas. 

Se você tem um programa de fidelidade e não tem planos para viajar agora, a pergunta que fica é: “o que fazer com as milhas?”. Ter essa resposta é muito importante para não correr o risco de vê-las expirarem. E você já sabe, né? Milha perdida é dinheiro jogado fora.

Como não é isso que queremos, preparamos o guia prático MaxMilhas para te ajudar a saber como acumular e o que fazer com milhas acumuladas. Vamos nessa?

Esse é o momento certo para acumular milhas

Se a pandemia tem feito você ficar em casa, use esse tempo “de molho” para potencializar o acúmulo das suas milhas e, depois, vendê-las. Possibilitar a viagem de outras pessoas .É a melhor decisão que você pode tomar agora, quer saber o porquê?

É simples! Esse momento é ideal para acumular milhas por conta da quantidade de promoções de acúmulo que os programas de fidelidade estão oferecendo. São oportunidades das mais diversas, como bônus na transferência de pontos do cartão de crédito, pontuação extra para quem consumir em determinadas lojas e milhas a mais para quem aderir ou fizer upgrade nas assinaturas dos programas fidelidades (Smiles, Tudo Azul e Latam Pass).

Para você ter uma ideia, no primeiro trimestre de 2021 houve um aumento de 78% na quantidade de promoções de bônus na transferência de pontos, comparando com o mesmo período do ano anterior. Na prática, isso significa muitas chances de multiplicar suas milhas. 

Mas atenção: como essas promoções sempre acontecem de forma pontual, não sabemos até quando teremos tantas oportunidades e com tanta frequência Para aproveitá-las é preciso ficar de olho, pois elas costumam ter um curto período de adesão.

Aqui no blog da MaxMilhas compartilhamos regularmente as promoções divulgadas pelos programas. Para não perder nenhuma, cadastre-se para receber nossos e-mails no formulário ao lado e não perder nenhuma promoção. 

mulher sorrindo sentada à mesa mexendo no celular enquanto segura cartão de crédito

Como acumular mais milhas

Acumular milhas no cartão de crédito é um grande aliado para quem quer ter mais milhas, seja para viajar ou fazer uma renda extra. 

Por isso, trouxemos duas dicas para te ajudar a otimizar seus gastos no cartão de crédito, acumular o máximo de milhas que você puder e vendê-las para fazer dinheiro.

1. Escolha o programa de fidelidade

Acredite se quiser, essa escolha não é tarefa fácil. Isso porque os principais programas de fidelidade do Brasil oferecem vantagens de acordo com cada objetivo e perfil de assinantes. 

Se seu objetivo é vender, por exemplo, tem que levar em consideração o valor médio de venda das milhas de cada programa, a recorrência de promoções de bônus no momento da transferência de pontos do cartão. 

Agora, se o objetivo é viajar, você avalia sala VIP, upgrade de categoria, alianças com cias internacionais, etc.

Para te ajudar nessa tarefa, aconselhamos conferir o Guia MaxMilhas do melhor programa de pontos para você. Compare todos os planos e encontre aquele que é mais adequado a sua necessidade e ao seu perfil de consumo.

2. Use o cartão de crédito a seu favor

Já é associado a um programa de fidelidade? Hora de usar o cartão de crédito a seu favor e acumular pontos ao fazer compras e utilizar diversos serviços. Existe pelo menos duas estratégias que podem te ajudar no acúmulo de pontos, veja:

  • Pague contas com o cartão de crédito.
  • Faça compras em lojas parceiras do seu programa de pontos.

Depois disso, é só trocar os pontos do cartão pelas milhas do programa fidelidade que você escolheu. Fala aí se não é facinho? 

3. Aproveite as promoções de bônus de transferência dos pontos do cartão para o programa

Como a gente já disse, uma das maneiras que os programas de fidelidade usam para manter os clientes sempre por perto é incentivando a transferência dos pontos do cartão de crédito para o  saldo  de milhas.

É por isso que sempre acontecem promoções atrativas que, dependendo da situação, podem compensar bastante. O ideal é ficar sempre de olho nas novidades que seu programa compartilha para tomar as melhores decisões. 

Você só precisa prestar atenção em uma coisa: juntar milhas é muito vantajoso quando você sabe o que fazer com o montante acumulado.

Mas, se não tiver planejado os próximos passos, pode perder o prazo de validade e acabar deixando elas expirarem. Caso isso aconteça, você pode tentar recuperar milhas expiradas, mas nem sempre essa é uma boa opção. Por isso, o bom mesmo é não deixar elas expirarem, veja abaixo o que fazer para evitar que isso aconteça.

O que fazer com as milhas enquanto não posso viajar?

Por causa da pandemia do novo coronavírus, as pessoas estão viajando menos e, consequentemente, usando menos suas milhas.  Enquanto isso, o tempo vai passando e as milhas acabam vencendo, o que significa jogar dinheiro fora

Se você não vai utilizar suas milhas para viajar, saiba que existem outras opções do que fazer com elas. A seguir a gente fala de cada uma e quando elas valem mais a pena.

Trocar milhas por produtos

Uma das opções oferecidas pelos programas de fidelidade é trocar suas milhas por produtos, como utensílios para a casa, por exemplo. Apesar de simples, esse resgate precisa ser feito com bastante atenção para que você não perca dinheiro. 

Antes de fazer a troca, calcule o valor das suas milhas para descobrir quanto está sendo cobrado pelo produto desejado. Depois, compare com o preço do produto se fosse comprado em dinheiro em outras lojas no mercado. Só assim você saberá se o produto vale a pena. E a gente já adianta: na maioria das vezes não vale.

Vamos de exemplo para ficar mais fácil entender? Imagine que você tenha 50.000 milhas no programa TudoAzul e deseja comprar um aspirador de pó sem fio para sua casa. Se você preferir trocar as milhas pelo produto na loja do programa, isso vai te custar 49.277 milhas pelo aspirador de pó.

Vendendo pela MaxMilhas, essas milhas podem render aproximadamente R$1.015,00.  Considerando que, no mercado, o valor médio do aspirador é R$539, com a venda você poderia comprar o produto e ainda restaria R$476. Viu como vender vale muito mais a pena?

Planejar uma viagem futura

Planejar uma viagem futura e usar as milhas na emissão da passagem também é um bom destino para suas milhas. Só não se esqueça de ficar de olho nas restrições de destinos para não perder milhas por conta do prazo de validade, ok?

Também vale a pena verificar se o preço da passagem com milhas na companhia do programa está com melhor custo-benefício do que vender milhas na Max e comprar a passagem por aqui 🙂

imagem ampliada da mão de pessoa estendendo um cartão para perto da câmera

Vender as milhas

Como mostramos no exemplo acima, o custo-benefício da venda das milhas costuma ser melhor do que a utilização delas para a troca de produtos. .Por isso, nossa dica é: faça dinheiro usando seu cartão de crédito e venda suas milhas

Vender milhas é 100% seguro, desde que você escolha o lugar certo para fazer isso, é claro. Nunca venda suas milhas para pessoas desconhecidas, pois há o risco de ser golpe. Sempre procure uma plataforma confiável, como a MaxMilhas, que é pioneira no mercado, intermediando a venda de milhas desde 2013 e já tendo realizado mais de 7 milhões de viagens

Outra vantagem da MaxMilhas é que você define a quantidade e o valor das milhas que deseja vender. No site ou app, você pode acompanhar as transações e alterar o valor da oferta de acordo com sua necessidade.  Acumule e venda suas milhas

Agora ficou mais fácil decidir o que fazer com as milhas, hein? Aproveite que o momento é excelente para acumular por conta das promoções que os programas de fidelidade estão promovendo  e faça a venda rápida pelo site.

As suas milhas rendem muito mais quando você vende pela MaxMilhas, então comece hoje mesmo a ganhar dinheiro!

Deixe um Comentário