Como economizar na viagem: 8 dicas para quem quer viajar com pouco dinheiro

Já quis viajar com pouco dinheiro e escutou alguém falando que é impossível economizar na viagem? A gente veio te ajudar a provar o contrário! 

Apesar de sabermos que viajar significa ter uma lista de despesas para as quais o viajante deve estar sempre preparado, também sabemos que é possível, sim, reduzir esses números e sair pelo mundo afora com um orçamento um pouco mais limitado. E a melhor parte: planejar uma viagem com menos grana não significa que você não vai conseguir se divertir (e muito!) desbravando outros cantinhos por aí. 

Essa é a sua primeira viagem com o budget menor? Nós podemos te ajudar: trouxemos 8 dicas para que você consiga se programar melhor. 

8 formas de como economizar na viagem

1. Pesquise, pesquise, pesquise

O primeiro ponto importante na hora de descobrir como economizar na viagem: se planejar a partir de informações sobre o seu destino. 

Mais do que saber quando fazer uma viagem, é importante entender o que essa viagem demanda. Por isso, vale a pena gastar um tempinho dando uma olhada sobre o lugar da sua viagem na internet e conversando com pessoas que já passaram por lá. 

Essa pesquisa vai te ajudar a entender melhor as especificidades desse destino, como os preços da cidade, o transporte público e as atrações ou passeios que você pode fazer. Assim vai ficar mais fácil entender se a viagem cabe no orçamento que você tinha pensando e decidir se esse seria o melhor momento para fazê-la, por exemplo. 

2. Aposte na baixa temporada

E por falar em planejar, se você já viajou em épocas de alta temporada, vai entender exatamente o motivo da nossa segunda dica ser fugir desses períodos quando estiver querendo economizar na viagem. 

Preço de passagens e hospedagem, atrações na cidade e até mesmo o comércio local: tudo em épocas de alta temporada ganha um precinho especial e os turistas acabam gastando um valor maior do que o esperado. Ou seja, se você está viajando com pouco dinheiro, procure visitar os destinos escolhidos durante suas baixas temporadas

E aqui entra um ponto importante: nem sempre as épocas de baixa temporada vão ser as mesmas em cada lugar. Por isso, além de evitar datas mais universais, como o natal e o réveillon, é importante que você faça uma pesquisa sobre o local escolhido para que, assim, consiga escolher a melhor época para visitá-lo.

3.  Decidido o destino? Economize nas passagens!

Depois de definir qual destino cabe no seu bolso, é hora de economizar nas passagens que vão te levar até ele e isso é mais fácil do que você imagina. 

Isso porque o que antes era quase uma lenda urbana tem se tornado cada vez mais real: conseguir passagens aéreas baratas para viajar. Aqui na MaxMilhas a gente te ajuda a achar passagens super em conta e, assim, você consegue economizar na sua viagem antes mesmo dela começar!

4. Expanda seus horizontes de hospedagem

Uma coisa que pode te ajudar muito a economizar na viagem é o lugar onde você decide se hospedar durante sua estadia. E dizemos isso por dois motivos: a localização e o preço da hospedagem: 

  • Localização: se você quer economizar na viagem, é interessante que você pense pontos estratégicos na hora de escolher onde se hospedar. Lembre-se da pesquisa que você fez, abra o mapa da cidade e tente encontrar um ponto mais central dentro das atividades que quer fazer e lugares que quer conhecer, assim você pode conseguir realizar todo o seu cronograma a pé e não ter gastos com transportes. Caso isso seja inviável, tente achar uma hospedagem que fique próxima de alguma linha de transporte, para que fique mais fácil ir e vir pela cidade;
  • Tipo de hospedagem: hoje, as opções de hospedagem são muitas e, se você pretende poupar uma grana, é legal que dê uma olhada além de hotéis e pousadas mais tradicionais. Hostels e plataformas como o Airbnb, o Couchsurfing, e o Worldpackers são uma boa pedida para quem quer viajar com economia! 

5. Sim, dá pra economizar na sua bagagem

Destino escolhido, passagens aéreas baratas compradas, hospedagem marcada, agora é hora de fazer as malas! 

A gente sabe que dá vontade de embalar o armário inteiro para viagem e levar de tudo um pouco, bem na linha de pensamento do “vai que eu preciso…”. Mas cá entre nós: muito provavelmente foram poucas as vezes que você usou tudo o que levou na mala para uma viagem, não é mesmo? 

Por isso, nossa dica é: respire fundo, faça um planejamento de dias e leve apenas o necessário. Uma boa estratégia para levar menos peças é escolher roupas coringas, que podem ser usadas mais de uma vez em combinações diversas – leve aquela calça ou short que você ama e varie as blusas longo dos dias, por exemplo. Além disso, optar por produtos de higiene de frascos menores é uma ótima forma de reduzir o espaço na mala. 

Ok, mas você deve estar pensando: como levar menos roupas é um sinônimo de economizar na viagem? O fato é que, tendo critério na hora de decidir o que levar, fica muito mais fácil se ater apenas a uma bagagem de mão, que pode ser levada na cabine do avião e não te demanda o custo de ser despachada!

6. Economize nas refeições

Um gasto grande que podemos ter em viagens está relacionado às refeições diárias. Por não estarmos acostumados com a cidade, é difícil saber quais os restaurantes, padarias e cafés com o melhor custo benefício e fácil cair nas opções mais óbvias, localizadas próximas aos pontos turísticos (bem mais caras do que outros estabelecimentos na cidade).

Algumas dicas para evitar que isso aconteça são: 

  • Fuja das ruas principais e pontos turísticos: não queremos que você caia nas “armadilhas para turistas” e, por isso, nossa maior dica é que você evite ao máximo comer em locais mais turísticos. Se aventure pelas ruas e pelos bairros da cidade – além de conhecer o lado mais cotidiano do seu destino, essa é uma ótima forma de esbarrar com opções de alimentação mais em conta.
  • Se possível, converse com pessoas da cidade: a melhor forma de saber bons lugares para ir e economizar na viagem é conversando com quem conhece a região. Peça dicas na sua hospedagem, busque na internet e converse com amigos que já passaram por ali.
  • Acredite no seu potencial como Chef de cozinha: uma das melhores maneiras de economizar é preparando suas próprias refeições. Caso seja possível, procure fazer compras em um supermercado local e comer mais em casa. 
  • Tenha sempre um lanchinho em mãos: bateu a fome mas a opção de restaurante mais barato ainda está um pouco longe? Ter um lanchinho na bolsa é uma ótima dica para você conseguir segurar a fome até sair da área mais turística e encontrar opções mais viáveis de refeição. 

Claro: sabemos que parte da viagem é ter a experiência da gastronomia local, por isso, economizar nas refeições não quer dizer que você não pode comer nada mais requintado hora nenhuma. Separe alguns momentos para se deliciar com a comida local sem culpa de estar gastando um pouquinho mais!

7. Pense nas formas mais econômicas de transporte durante a viagem

Lembra que a gente falou de tentar conhecer a cidade à pé? Sabemos que nem sempre isso é possível. Por isso, tente sempre se ater aos meios de transporte que te dão uma mobilidade maior pelo menor preço. 

Alguns destinos podem ser conhecidos alugando bicicletas, outros têm uma linha metroviária mais robusta e há ainda os que você vai encontrar nos ônibus o melhor meio de transporte. Dê uma pesquisada e entenda qual a forma mais econômica de conhecer aquela cidade específica. 

#Dica: algumas cidades têm passes de transporte público que podem ser usados mais de uma vez (como que uma passagem única que dura por períodos que podem variar de 1 a 7 dias, geralmente). Muitas vezes esses passes têm um custo benefício muito maior do que comprar passagens picadas e podem ser um grande ganho para quem quer economizar na viagem!

8. Faça um orçamento diário

A nossa última dica vai de encontro com a primeira: um dos maiores inimigos dos viajantes em questão de gastos é a falta de planejamento. Pensando nisso, uma boa ideia é criar um orçamento diário para conseguir economizar na viagem. 

Entenda qual o seu budget total e quanto você estaria disposto a gastar por dia, em média. Durante a viagem, vá anotando suas compras e faça um balanço geral ao final do dia. Isso vai te ajudar a manter os gastos controlados, saber exatamente quanto dinheiro ainda pode gastar e tomar decisões mais estratégicas durante o dia (seja de alimentação, transporte, passeios etc). 

Ah, e claro: sempre guarde um dinheirinho extra – afinal, imprevistos podem acontecer!

Estar com um orçamento mais apertado não precisa te parar na hora de conhecer o mundo: a verdade é que dá pra economizar na viagem e se divertir ao mesmo tempo. E, seja qual destino você escolher, a gente te ajuda a encontrar a passagem que cabe no seu bolso! 😉 

Deixe um Comentário