Chapada dos Veadeiros: Dicas para uma Viagem Perfeita

Chapada dos Veadeiros, beleza descanso, contato com a natureza e renovação de energias. A atração turística é um é um extraordinário berço hidrográfico com relevância nacional e oferece esplêndidas paisagens naturais com dezenas de cachoeiras e enormes paredões rochosos abrangendo várias cidades, como Colinas do Sul, Cavalcante e Alto Paraíso de Goiás.

No artigo de hoje, vamos dar dicas de como chegar à Chapada dos Veadeiros, qual é a melhor época do ano para o turismo e, ainda, as atrações que o turista pode encontrar por lá. Acompanhe:

Como chegar à Chapada dos Veadeiros?

A Chapada dos Veadeiros está localizada no estado de Goiás. Fica a aproximadamento 220 km ao norte de Brasília. Por isso, esse é o destino mais próximo para quem vem de avião. De lá, você pode pegar um carro ou ônibus pra chegar até o local.

Os principais pontos de atração estão nos municípios de Alto do Paraíso de Goiás, Cavalcante e a pequena vila de São Jorge, onde fica o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros.

O turista deve partir de Brasília e o caminho para chegar até lá é pela GO-118, rodovia que, em sua maior parte, está bem conservada e sinalizada. Contudo, é preciso ter atenção redobrada depois do o município de São João D’Aliança, devido à falta de sinalização da estrada.  A pista é simples e não há iluminação.

Qual é a melhor época do ano para o turismo viajar pela região

Como o clima é bem definido na região da Chapada dos Veadeiros – tempo seco de maio a setembro e chuvas começando em outubro e se estendendo até abril – o turista precisa ficar atento para programar a viagem de acordo com o clima que mais se encaixar com o roteiro planejado.

  • Melhores meses: Abril a Julho
  • Piores meses: Dezembro e Janeiro
  • Meses secos: Julho a Agosto
  • Meses Chuvosos: Novembro a março

É importante você decidir o que quer ver. Se for uma paisagem mais seca, o período seco é o melhor. Agora se você amar a umidade e muita água… os melhores meses são os ideais.

Quais são as atrações turísticas da Chapada dos Veadeiros?

As atrações mais procuradas pelas pessoas que praticam o turismo na Chapada dos Veadeiros são Alto Paraíso de Goiás, a cerca de 400 km de Goiânia e 230 km de Brasília, e o seu distrito, São Jorge, que fica a 40 km de distância. A Chapada dos Veadeiros proporciona um roteiro que abrange passeios mais calmos, como observações de pássaros, massagens e meditações, e também os mais radicais, com rapel e tirolesa, que são praticados próximos às quedas d’água.

Na Chapada, o turista pode encontrar diversas cachoeiras com as mais variadas alturas. Para chegar a algumas delas, é preciso andar por trilhas com percursos de ida e volta de 2 km a 12 km, na ida. Algumas trilhas são planas em grande parte e bem sinalizadas, enquanto outras apresentam nível de dificuldade mais elevado por terem terreno íngreme e acidentado.

Como se locomover na Chapada?

Carro. Os caminhos entre as cidades e as cachoeiras pode ser longo. Por lá, não há transporte público, então a ideia é que você alugue um carro, caso tenha chegado em Brasília de avião.

Botas. Algumas trilhas são bem longas e cansativas. Então, prepare suas botas de viagem e não esqueça de cuidar do físico. Se escolher as trilhas mais difíceis para ultrapassar seus limites, vai precisar daquele empurrãozinho de um corpo preparado para a aventura.

Onde se hospedar na Chapada

Tanto Alto do Paraíso quanto São Jorge e Cavalcante têm opções de hospedagens para todos os gostos. Você vai encontrar desde hotéis com toda a infraestrutura e conforto, até campings mais livres e naturais.

Pousadas em Alto Paraíso

  • Pousada Casa de Chiva
  • Pousada Meu Talento
  • Vila Toá
  • Woodstock Guesthouse
  • Casa da Lua Pousada
  • Pousada Jardim Nova Era
  • Buddy’s Hostel e pousada
  • Hostel Catavento

Pousadas em São Jorge

  • Pousada Raízes
  • Pousada Casa das Flores
  • Pousada Bambu Brasil
  • Pousada Cristal da Terra
  • Pousada Rancho dos Ipês
  • Camping Hostel Passarim
  • Namaste pousada e terapias

Pousadas em Cavalcante

  • Pousada Toca da Raposa
  • Pousada da Ana
  • Pousada Recanto da Mata
  • Chácara Lápis Azul
  • Aruana Pousada

Onde comer na Chapada dos Veadeiros

Comida delícia, típica do centro-oeste e com um tempero inesquecível? É lá mesmo. Normalmente, por conta dos passeios e trilhas, os restaurantes costumam servir almoços até mais tarde.

Restaurantes em Alto do Paraíso

  • Vendinha 1961
  • Vila Chamego
  • La Parrila
  • Zu’s Bistrô
  • Quiri Quiri
  • Tapindaré
  • Alquima
  • Cravo & Canela

Restaurantes em São Jorge

  • Nenzinha
  • Casa das Flores
  • Bar do Pelé
  • Luar com Pimenta
  • Santo Cerrado
  • Lanchonete Seriema

Restaurantes em Cavalcante

  • Canela da Ema
  • Flor do Cerrado
  • Cervejaria Aracê
  • Empório da Chapada
  • Encanto da Pizza
  • Dona Preta

O que fazer na Chapada dos Veadeiros?

Um paraíso místico. É o destino perfeito para quem ama natureza, busca por descanso e ao mesmo tempo não dispensa uma boa trilha. Os banhos de cachoeira são um presente e as paisagens do cerrado da região centro-oeste do Brasil são de tirar o fôlego. É um daqueles destinos que você tem que ir, pelo menos uma vez na vida, sabe?

Tem ainda o pôr do sol que é um dos mais lindos do país, piscinas naturais e águas termais. Já para quem é mais alternativo existe uma variedade imensa de tratamentos místicos e holísticos.

Fora a parte natural do destino, os bares das cidades, as feirinhas da Vila de São Jorge e Alto do Paraíso e os restaurantes não deixam em nada a desejar. Um lugar para esquecer do tempo, aproveitar cada instante e trocar energias renovadoras.

Potencial místico

E por falar em místico…a região  tem uma fama esotérica devido, entre outras características, ao paralelo 14, linha imaginária que atravessa Machu Picchu, no Peru, e também corta Alto Paraíso. Do mesmo modo, a área está sobre uma grande placa de quartzo.

De acordo com os místicos, esses fatores protegem a Chapada dos Veadeiros de desastres naturais e proporcionam boas vibrações. Com isso, centenas de pessoas buscam a região para meditar ou até mesmo esperando um contato com extraterrestres.

Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros

Criado em 1961 o Parque Nacional abriga atrações inesquecíveis. Além disso, a pesquisa científica e a educação ambiental fazem parte dos objetivos do local. veja as atrações do parque:

Travessa das 7 quedas

A duração estimada é de 2 a 3 dias e você poderá permanecer até 2 noites na área de acampamento. O nível de dificuldade da trilha é pesado e você deve prestar atenção na sinalização das setas laranjas.

No caminho da trilha você vai encontrar cânions, campos rupestres, veredas e o Rio Preto. Mas, não para por aí. Depois de 7 quilômetros de caminhada você chegará a trilha histórica da época do garimpo, Fiandeiras.

Trilha dos Saltos, Carrossel e Corredeiras

três pessoas descendo escada durante trilha

São 11km de ida e volta e uma duração estimada de 4 a 6 horas. O nível da trilha vai de moderado a pesado e você deve seguir as setas amarelas.

O percurso é feito em terreno acidentado e bem pedregoso. Na ida, há o Garimpo, considerado o maior garimpo de cristal de Quartzo da região, que estava em atividade de 1912 a 1961. As atrações ficam por conta das lindas Veredas, além disso o Mirante do Salto do Rio Preto deixa o passeio ainda mais especial. E a 800 metros do Mirante tem a cachoeira do Garimpão com uma queda de 80 metros.

Lá, dá para tomar banho e se refrescar nas águas. Mas, cuidado e não saia da área limitada, por conta do nível da água.

Trilha dos Cânions e cachoeira das Cariocas

 

São 12 km ida e volta com uma duração estimada entre 4 e 6 horas. O nível dessa trilha é moderado superior.

Após 5km de trilha você vai encontrar uma bifurcação. Seguindo à esquerda, você vai chegar na Cachoeira das Cariocas. À direita está o Cânion II. A Cachoeira tem uma vista linda, já o Cânion te faz repensar algumas coisas da vida. Um momento realmente inesquecível.

Trilha da Seriema

Apenas 800 metros de percurso e com um nível muito leve de dificuldade. A trilha é recomendada para turistas com dificuldade de locomoção como idosos, grávidas e crianças.

Cachoeira do Abismo

Na verdade, a cachoeira do abismo é um pequeno poço com 3 quedas. É pequeno, mas mesmo assim, lindo. Atraente mais na época das chuvas. Contudo, a vista do Mirante da Janela, vale o passeio.

Ela fica a 1km da Vila de São Jorge. Agora, para ir até o mirante são 8km de caminhada.

Para entrar: R$ 20

Vale da Lua

início da trilha pelo vale da lua

Já visitou a lua? Por lá, você vai ter um gostinho de como ela é. As formações em torno da queda lembram a lua. Além disso, o atrativo é um dos preferidos, por ser de fácil acesso seja de carro ou a pé.

A trilha ida e volta tem 1,2km de distância e ela fica a 10km da Vila de São Jorge.

Para entrar: R$ 20

Morada do Sol

Saindo da Vila de São Jorge em direção às Colinas do Sul você vai encontrar a morada do sol. Um espaço lindo com águas límpidas e transparentes. Cachoeiras, piscinas para se refrescar e um Cânion de tirar o fôlego. A dica é ir pela manhã, que aí, você vai ver o sol iluminar as quedas de água e as pedras. Uma visão linda.

Ah, uma dica importante é que mediante encomenda o restaurante que abastece a área da cachoeira serve um almoço caseiro delicioso.

Trilha: 2km

Para entrar: R$ 20

Raizama

Uma das cachoeiras mais próximas da segunda entrada de São Jorge. Para chegar nela, basta ir sentido Colinas do Sul. Por lá, você vai encontrar piscinas naturais rasas (ideal para quem viaja com criança), locais mais fundos e estreitos e alguns cânions.

Trilha: 2,3 km

Entrada: R$ 20

Cachoeira do Cordovil

Um lugar com 44 metros de queda livre com piscinas de cor verde e 3 metros de profundidade. Linda e vale a visita.

A trilha para chegar é de nível médio e a entrada é gratuita.

Cachoeira dos cristais

Um local com boa infraestrutura e ideal para quem está com a família. É uma trilha de fácil acesso com diversas quedas d’água e belas experiências que lembram piscinas, hidromassagem e muita diversão.

O fim da trilha é marcado pela linda cachoeira do Véu da Noiva com diversas quedas e opções de banho. O poço é rasinho, ideal para quem não sabe nadar. Não deixe de saborear o cardápio do restaurante que atende o local e depois descanse no jardim ao som dos pássaros nativos da região.

Para chegar por lá, não é preciso ter um guia e a entrada custa R$ 2o.

Melhores cachoeiras para ir com criança

A garotada adora um passeio e ensinar os pequenos a aproveitar a natureza à medida que a respeita é uma ótima maneira de preservar ambientes como estes. Com pequenas trilhas e muita aventura, eles vão amar os locais e você ainda vai aproveitar para vislumbrar lindas paisagens.

  • Loquinhas
  • Cristais
  • Poço Encantado
  • São Bento
  • Almécegas II

Cachoeiras para quem tem paixão por trilha

Sabe aquela sensação de lama nos pés. Mesmo que o suor desça você não sente calor e a cada passo tem uma surpresa diferente? Então… você ama trilha e não pode deixar de ir nessas:

  • Mirante da Janela
  • Segredo
  • Saltos 120m e 80m
  • Rei da Prata
  • Sertão Zen

Carona Solidária na Chapada dos Veadeiros

Se você não quer se aventurar na solidão ou prefere a companhia de quem conhece o local para te dar mais dicas, experimente entrar nas comunidades Conexão Chapada e Carona Solidária Chapada dos Veadeiros, no Facebook. O pessoal é bem simpático por lá e além das dicas tem a querida carona.

Gostou? Quer ver com seus próprios olhos? Você pode encontrar sua passagem para Brasília com desconto. Faça sua viagem com muito mais economia com a gente. 😉 

 

Deixe um Comentário