O que fazer no Rio de Janeiro: sobre pedaladas e corridas na cidade maravilhosa

O Rio de Janeiro continua lindo, principalmente para quem gosta de atividades ao ar livre. Se você vai viajar para a famosa Cidade Maravilhosa e curte praticar esportes, as coisas podem ficar ainda mais interessantes: é possível aproveitar a viagem pedalando e correndo pela orla e outros cantinhos verdes da cidade. 

E mesmo que você não seja muito fã de atividades físicas, fica a dica: andar de bicicleta, fazer trilhas ou dar uma corridinha para iniciar o dia tem um toque de mágica extra quando acompanhado de um céu azul e do barulho das ondas do mar. Mais do que praias e pontos turísticos, você pode conhecer o Rio de maneiras diferentes. 

Para te inspirar, separamos alguns pontos do Rio de Janeiro que quem gosta de pedalar ou quem não deixa de colocar os tênis de corrida na mala de viagem vai amar. Preparar, apontar e vamos lá! 😉 

Pra quem é de bicicleta

Destinos para andar de bicicleta são procurados por quem quer dar uma mudada no roteiro de viagem e experimentar algo novo. Apesar de que, quando o assunto é cidade para se andar de bicicleta, nosso primeiro pensamento tende a ir lá pro outro lado do globo, como para a Holanda ou a Bélgica, existem destinos muito mais pertinho do que a gente imagina pra curtir uma pedalada – e o Rio de Janeiro é um deles. 

Em 2013 o Rio foi eleito como a 12° melhor cidade para se andar de bicicleta no mundo e, de lá pra cá, tem aumentado e investido mais em sua malha cicloviária. Isso quer dizer que viajar para a Cidade Maravilhosa pode vir com o brinde de um roteiro sobre duas rodas. 

Se essa ideia te deixa animado, aqui estão alguns lugares onde você pode aproveitar essa outra forma de curtir a vista e a natureza! 

1. Aterro do Flamengo 

O Aterro do Flamengo é um dos locais mais procurados por quem quer uma atividade sobre duas rodas. O legal de andar de bicicleta por essa área é que, além de trechos de natureza com direito a canto de pássaros e aquele cheirinho gostoso de terra, você vai poder ter acesso a vários pontos que vão encher seu dia com muitas atividades. 

Pedalando pelo Aterro do Flamengo, você pode passear pelo Jardim de Burle Marx, pelo Palácio do Catete (onde você encontra um museu, cafés e até mesmo um cinema) e  pela Praça São Salvador, visitar o Museu de Arte Moderna (MAM), a cinelândia e a Lapa e ainda aproveitar uma paradinha de descanso para avistar os aviões que chegam e saem do Aeroporto Santos Dumont, imaginando de onde vêm e para onde vão. 

2. Praia do Arpoador

Apesar de uma ciclovia mais concorrida, pedalar pelo Arpoador em um dia de sol é uma experiência super gostosa. Passeando por ali você acha a famosa estátua do Tom Jobim e o parque Garota de Ipanema, que vale a visita. 

Se podemos te dar uma dica a mais, deixe as pedaladas pela Praia do Arpoador mais para o fim do dia. Assim você pode chegar na Pedra do Arpoador na hora certa para poder curtir o pôr do sol pelo qual o ponto turístico é conhecido 😉 

3. Urca

Pedalar pela Urca, terminando a jornada na Praia Vermelha, é uma ótima pedida, até porque, ali, você pode trocar as pedaladas por uma caminhada na pista Cláudio Coutinho, que margeia um dos cartões postais mais famosos do mundo: o pão de açúcar. Os mais aventureiros podem optar por subir a trilha até a pedra da Urca e apreciar a vista.  

Além disso, mesmo que você nunca tenha ido ao Rio de Janeiro, você com certeza já viu várias imagens da mureta da Urca, o point de quem quer sentar e bater papo durante o fim de tarde. E esse local perfeito para terminar sua voltinha de bike com pastéis fritos, uma cervejinha gelada e a certeza de uma vista incrível. 

4. Lagoa Rodrigo de Freitas 

Um outro ótimo lugar de passeio sobre rodas é a Lagoa Rodrigo de Freitas. São 7,5 km de pista para pedalar, curtir a vista e parar nos diversos píers que se encontram em sua extensão. Por ali você também vai encontrar vários quiosques, o Cinépolis Lagoon e pontos de natureza, ou seja, você pode planejar um dia de viagem para curtir a Lagoa e seu entorno. 

A ciclovia por ali também te leva rapidinho ao Jardim Botânico e ao Jockey Club, então você pode estender o passeio e aproveitar para conhecer outras áreas da cidade 🙂 

Pra quem é de corrida

Se a sua praia é correr, o que não faltam são opções no Rio de Janeiro para você começar o dia com uma corridinha ou curtir o pôr do sol de um jeito diferente. 

1. Orla das praias 

O primeiro lugar a se pensar quando o assunto é corrida na praia são as orlas da cidade – e você está mais do que certo! As orlas do Rio são ótimos lugares para se exercitar e curtir a vista, com a companhia do sol e do mar. O percurso Leme – Copacabana – Leblon, por exemplo, possui 8,3 km de distância, e pode ser uma ótima forma de conhecer mais as praias e sentir o movimento em cada uma delas. 

Também são ótimos lugares para terminar o dia com o barulho das ondas e o pôr do sol do horizonte. 

2. Aterro do Flamengo

Assim como indicado para quem quer pedalar pelo Rio, o Aterro Flamengo é um ótimo local para os amantes da corrida. Além da opção de correr na grama, que te ajuda a poupar os joelhos e alternar o tipo de treino, ali você encontra uma pista de 7,6 km (demarcada a cada 500m), entre o MAM e o Monumento Estácio de Sá – ou seja, além de praticar atividade física você ainda aproveita para conhecer dois pontos turísticos da cidade. 

Uma dica é dar preferência ao local aos domingos, quando uma parte das pistas de automóveis é fechada, te dando mais espaço para a corrida. 

Estrada das Paineiras 

Se você procura por mais contato direto com a natureza, pode apostar na Estrada da Paineiras!

Localizada no Parque Nacional da Tijuca, ali a corrida encontra sombra e água fresca… ou quase isso. A trilha passa pela Vista Chinesa e pela rampa de Vôo Livre, além de te dar uma vista privilegiada e de tirar o fôlego do Cristo Redentor, já que passa bem aos pés do grande marco da cidade. 

Só é preciso atenção: essa área de corrida, apesar de incrível, requer um bom condicionamento físico e alguns cuidados, já que se trata de uma pista de terra com alguns trechos de subida bem íngremes. 

 

E aí, pronto para conhecer o Rio de outra forma? Combinar turismo com atividades físicas pode trazer uma nova cara para a sua viagem e tornar tudo ainda mais divertido! 😉 

Deixe um Comentário