Valor das milhas. Aprenda a calcular e ter uma renda extra

Vender milhas pode significar uma boa renda extra para quem acumula pontos no cartão de crédito

Já é uma realidade para muitos brasileiros: a venda das milhas proporciona liberdade de escolha para os usuários de cartões de crédito e clientes dos programas de fidelidade das companhias aéreas. 

Por mais que esse hábito venha crescendo e caindo no gosto nacional, muitas pessoas ainda conhecem pouco este mercado e bilhões de pontos do cartão de crédito e milhas aéreas expiram anualmente sem serem utilizados. 

Há uma estimativa de que apenas no ano de 2018, por exemplo,  78 bilhões de pontos e milhas  expiraram. Se fossem vendidas na MaxMilhas naquele ano, seriam quase  R$ 2 bilhões indo direto para o bolso dos brasileiros. 

Mas como fazer para diminuir essa perda?

O primeiro passo é o conhecimento! Por isso, reunimos algumas dicas que irão te ajudar a entender como usar o valor das milhas e gerar renda extra a partir do acúmulo de pontos no cartão de crédito. 

Como calcular o valor das milhas?

É importante destacar que o valor das milhas irá variar de acordo com uma série de fatores, que podem ir desde o programa de fidelidade escolhido (Smiles, da Gol Linhas Aéreas; Tudo Azul, da Azul Linhas Aéreas; ou Latam Pass, da Latam), passando por promoções exclusivas de cada um, até chegar à relação de oferta e procura. 

Contudo, é possível chegar a um valor aproximado, baseado nos principais programas brasileiros. 

Veja mais: Bônus na transferência de pontos vale a pena?

Vamos a um exemplo prático?

Vamos supor que você tem 10 mil pontos no seu cartão de crédito e faz parte de um determinado programa de fidelidade de companhia aérea que está com uma promoção de bônus de 50% na transferência de pontos para milhas. 

Após ler todo o regulamento e aceitar os termos e condições, faça a conta de quantas milhas você terá ao final da conversão. 

Essa conta seria a seguinte:

10.000 (pontos do cartão de crédito) + 50% (bônus da promoção) = 15.000 milhas. 

Neste caso, a conversão foi bastante vantajosa, gerando um total de 5 mil milhas extras, que também poderão ser negociadas e vendidas, potencializando o ganho de renda extra. 

Dicas importantes para entender o valor das milhas e negociar

É importante ter cuidado e cautela na hora de negociar suas milhas. Em primeiro lugar, antes de converter seus pontos do cartão, escolha muito bem e leia todas as informações do programa de fidelidade.

Segunda dica importante: pesquise. Os principais programas de fidelidade  das companhias aéreas que operam no Brasil fazem diversas promoções relâmpago, oferecendo bônus na hora de transformar os pontos de seu cartão de crédito em milhas.  

Então, visite sites, aplicativos e crie até mesmo alertas que possam te manter informados quanto às principais promoções.

Se você ainda não faz parte de nenhum programa de fidelidade (Smiles, Tudo Azul ou Latam Pass), há ainda uma dica de ouro! 

Antes de transferir os seus pontos, faça uma simulação de quanto aquela negociação está valendo. 

No nosso site, por exemplo, você pode contar com a nossa calculadora de milhas gratuita e fazer a comparação entre os principais programas de fidelidade disponíveis no Brasil. 

Como vender as milhas

Já fez todas as contas e transformou seus pontos do cartão em milhas aéreas? Então vem com a gente para te ensinarmos a vendê-las de maneira prática, rápida e fácil!

Na MaxMilhas, os preços de venda são calculados na quantidade de 1.000 milhas, que por aqui chamamos de milheiro. 

Na nossa plataforma, você tem liberdade para determinar o valor pelo qual quer vender as suas milhas. 

Sugerimos uma faixa de preço com base no ranking das ofertas de milhas anunciadas na plataforma. Isso porque o valor pode influenciar na velocidade da negociação (milhas com valores muito altos normalmente demoram mais para serem negociadas; com valores mais baixos, deixam de ser vantajosas para os vendedores). 

Para te auxiliar nesse cálculo, sempre deixamos disponível uma lista com as principais ofertas do dia.  

Deste modo, você consegue avaliar melhor quanto pedir pelas suas milhas.

Conseguiu chegar a um valor que te agrada? Uai, notícia melhor que pão de queijo! Você só precisa fazer o cadastro das suas milhas e aguardar o retorno da nossa análise. A partir de então, suas milhas estarão disponíveis para a emissão de passagens mais econômicas aos viajantes de todo o Brasil. 

Assim que nossa plataforma utilizar suas milhas numa passagem e concluir a emissão, o dinheiro pela sua venda será depositada na sua conta corrente. 

mulher usando casaco marrom por cima de camiseta branca sentada em um sofá comum laptop no colo enquanto fala ao telefone

Confira: Como aumentar o limite do cartão de crédito te ajuda a conseguir mais milhas?

Informações relevantes sobre a venda de milhas

De maneira geral, a venda das milhas ocorre de maneira parcial e fracionada, ou seja, sua oferta pode ser usada na emissão de várias passagens, em momentos diferentes. 

Entretanto, nós trabalhamos para otimizar esse processo sempre que for possível, para que a venda de todas as suas milhas seja feita de maneira mais eficiente. Combinado? 

E quanto tempo demora para o dinheiro cair na conta?

Na hora do cadastro, vamos pedir informações relacionadas à sua conta bancária para realizar o depósito. Pode preencher os dados sem medo. 

Assim que suas milhas forem vendidas, damos o prazo de até 33 dias corridos após a emissão das passagens para que o pagamento seja feito. 

É importante destacar que só realizamos o pagamento para contas que tenham o mesmo CPF cadastrado no nosso site, beleza?

Depois de ler todas essas informações, ficou mais fácil entender como o mercado de venda de milhas funciona, né não? Se você tem pontos no cartão e quer transformá-los em dinheiro, não perca mais tempo. Procure os programas de fidelidade que mais combinam com você e faça a sua negociação. Afinal, um dinheirinho que não era esperado pingando na conta é sempre bom. 

Deixe um Comentário