Londres: conheça as principais atrações da capital da Inglaterra

Cabines telefônicas, ônibus vermelhos de dois andares, céu nublado… Ah, os charmes de Londres. Quer montar um roteiro incrível pela capital inglesa? Então, vem com a gente!

Totalmente cosmopolitaglobal e sempre de braços abertos: essas são as características-chave de Londres, a capital da Inglaterra e uma das mais importantes cidades do Reino Unido. Durante o inverno, quando suas ruas estão tomadas pela neve, ou no verão, época em que os locais até arriscam tomar um solzinho, a metrópole nunca para de receber visitantes. Isso não é à toa, convenhamos.

Londres é repleta de atrativos turísticos carregados de cultura, história e lazer. A cidade mistura passado e presente como nenhuma outra — ao mesmo tempo em que são preservadas catedrais, monumentos e o palácio real, existem inúmeros pubs (tradição para qualquer bom britânico!), bares, restaurantes, boates, festivais de rua e shoppings, com opções para todos os gostos.

Como há muitas coisas acontecendo ao mesmo tempo (afinal, Londres nunca para), é até comum que os visitantes fiquem perdidos quando montam um roteiro para a cidade. Pensando nisso, preparamos uma lista com as principais atrações que merecem sua visita. Acompanhe!

1. Conheça o Big Ben

Um dos marcos mais famosos da cidade e do mundo, o Big Ben é realmente incrível. Trata-se uma torre do Palácio de Westminster, sede das duas câmaras do Parlamento Britânico, onde está localizado o grande relógio — além de um sino de nada menos do que 14 toneladas!

O relógio deu suas primeiras badaladas em 1859 e até hoje elas são transmitidas com pontualidade (um símbolo britânico, inclusive) por uma das emissoras de rádio da BBC. Totalmente confiável, o Big Ben já suportou grandes nevascas e os bombardeios alemães durante a Segunda Guerra Mundial.

Alguns reajustes na torre estão em andamento desde 2017. Mas, mesmo se você for visitá-lo em um período de reforma, será possível apreciar a beleza arquitetônica e histórica do monumento. Uma dica interessante é aproveitar para caminhar pelos arredores e conferir mais atrações, já que o Big Ben está localizado no coração de Londres.

2. Visite o mosteiro de Westminster Abbey

Westminster Abbey (ou Abadia de Westminster) é uma catedral anglicana que serve de palco para casamentos e demais cerimônias reais há mais de mil anos. Foi lá que o Príncipe William se casou com Kate Middleton em 2011.

Vale destacar que o local não é apenas uma atração turística: trata-se também de uma igreja em funcionamento, que oferece missas e demais serviços religiosos diariamente. Apreciar a Westminster Abbey e seus arredores já garante por si só um sentimento incrível, especialmente a quem gosta de arquitetura gótica e História.

Também é possível fazer um tour por seus interiores, mediante ingresso pago, e conhecer as diversas curiosidades do local. Infelizmente, fotografar lá dentro é proibido. A catedral fica aberta para visitação de segunda a sábado, das 9h30 às 15h30 — sendo que o horário se estende até às 18h nas quartas e termina mais cedo aos sábados (13h30).

Vale destacar que o calendário pode sofrer alterações, portanto é sempre bom dar uma conferida de antemão no site oficial.

3. Vá até o Palácio de Buckingham

Quem não quer dar uma espiada na residência oficial da Rainha Elisabeth II? O Palácio de Buckingham, além de símbolo da monarquia britânica, é um ponto turístico imperdível e atrai milhares de visitantes todos os dias do ano. Uma curiosidade é que, na prática, a rainha não passa todos os dias no local, pois prefere o castelo de Windsor e se refugia na Escócia sempre que pode.

Mesmo assim, é por lá que ela recebe os chefes de Estado, grandes nomes da política mundial e outros convidados especiais. Então, adentrar no Palácio de Buckingham não é algo tão simples assim.

Geralmente, a visitação é bem restrita e ocorre em períodos específicos, mediante um agendamento com bastante antecedência. Contudo, você pode conferir de graça algo igualmente interessante: a famosa troca de guarda. 

Essa cerimônia tradicional tem a duração aproximada de uma hora e acontece diariamente, de abril a julho, às 11h30. No restante do ano, ocorre a cada dois dias, exceto quando há chuva intensa. Mas vá preparado: são muitos os turistas reunidos querendo fotografar, sobretudo durante o verão.

4. Curta a vista da London Eye

É impossível falar de Londres sem citá-la, não é mesmo? Localizada às margens do Rio Tâmisa, bem em frente ao Big Ben, a London Eye é uma atração turística única, afinal estamos falando de uma das maiores (e mais românticas, diga-se de passagem) rodas gigantes do mundo.

Seus números são impressionantes: 135 metros de altura, 360 graus de vista panorâmica e 3,5 milhões de visitantes por ano. A estrutura é composta por 32 cápsulas, que representam os distritos da capital inglesa.

Cada uma tem capacidade para 25 pessoas (mas você também pode alugar uma privativa) e traz tablets interativos com fotos e informações. Uma volta completa na London Eye dura cerca de 30 minutos e é um show à parte.

Os ingressos podem ser comprados no local ou online, mais baratos, e os preços variam conforme a época. No geral, o valor mínimo que você pagará por um bilhete adulto é de 27 libras esterlinas — aproximadamente 125 reais.

5. Ande pelas ruas de Camden Town

Camden Town é simplesmente o paraíso alternativo de Londres. Se você está em busca de um passeio menos tradicional ou até mesmo exótico, essa é a opção ideal. É lá que as pessoas mais “descoladas” da capital inglesa se reúnem para comprar, fazer piercings e tatuagens, frequentar pubs, bares ou boates e até passear por suas calçadas para curtir o ambiente ou as apresentações dos artistas de rua.

Situado na região nordeste da cidade, no distrito de Camden, o local é famoso por seus mercados que vendem absolutamente de tudo: desde novidades até objetos antigos e artigos para colecionador. A boa notícia é que os preços costumam ser acessíveis. Portanto, se fazer umas comprinhas está em seus planos, não deixe de conferir.

Essas são as cinco atrações que você precisa conhecer em Londres. Quando estiver de visita, não deixe de incluir um espaço no roteiro para elas, combinado?

Para finalizar, temos uma dica extra: na hora de planejar sua viagem, economize nos bilhetes aéreos e tenha mais dinheiro para curtir os passeios comprando passagens inteligentes! A MaxMilhas disponibiliza opções com desconto, emitidas com as milhas de quem quer vendê-las. Que tal?

Caso tenha gostado de saber mais sobre Londres, aproveite para conferir também nosso guia completo sobre a Inglaterra! Com a economia nos bilhetes, quem sabe você não dá uma esticada em sua viagem e conhece mais cidades pelo país?

Deixe um Comentário