Turismo Sustentável: como aproveitar os destinos sem degradar a natureza

O assunto sustentabilidade têm sido muito discutido e comentado por todo o mundo. As boas práticas e a maneira de agir em relação à natureza, sem comprometer o futuro das outras gerações, é uma preocupação da geração presente. Mas o que o turismo tem a ver com isso? Muita coisa

A atividade turística praticada de forma irresponsável pode causar sérios danos à natureza e, também, atingir a própria atividade. Se não existir lugares para explorar e conhecer, o turismo não faz sentido. 

Por isso, existe o turismo sustentável. Já ouviu falar? Continue lendo este artigo para entender mais, aprender boas práticas e conhecer destinos que já adotaram esta atividade. 

O que é Turismo Sustentável?

Antes de saber o que é turismo sustentável é interessante entender o conceito geral de turismo. Segundo a Organização Mundial de Turismo da Nações Unidas (OMT), turismo são: 

as atividades que as pessoas realizam durante suas viagens e permanência em lugares distintos dos que vivem, por um período de tempo inferior a um ano consecutivo, com fins de lazer, negócios e outros.”

O turismo sustentável por sua vez tem como objetivo atender as necessidades dos turistas bem como das comunidades que recebem esses turistas. 

Se por um lado o turismo predatório causa o esgotamento dos recursos naturais, a descaracterização cultural e o desequilíbrio social da localidade ou comunidade em que ele está, o turismo sustentável vem para promover o equilíbrio para que as necessidades econômicas, ambientais e sociais possam ser atendidas sem destruir a integridade cultural, social, a diversidade biológica e processos ecológicos imprescindíveis para a continuidade da vida.

Boas práticas para preservar

Ao viajar para algum destino pense sempre que: “para que um destino seja bom para o turista, ele deve ser bom antes para o morador”. Pensando dessa forma, elencamos algumas boas práticas para preservar e salvaguardar o meio ambiente e a cultura local. São elas: 

  • Respeite os moradores e a cultura local, afinal ali é o lugar deles e você é que está visitando.
  • Preserve a natureza. Não arranque plantas, não deprede monumentos históricos e/ou outros prédios e casas;  não jogue lixo no chão e se caso encontrar lixo que não é seu, cate e jogue no lugar correto; não faça xixi na rua ou em locais públicos.  
  • Aprenda a língua do lugar para onde viajar e aprenda também sobre as regras de comportamento. 
  • Economize água no banho, não deixe o ar condicionado ligado sem ninguém no quarto, prefira ecobags a sacolas de plástico.
  • Valorize a economia local. Consuma produtos das lojas, bares e outros estabelecimentos da cidade.

Destinos sustentáveis

No Brasil e no mundo existem destinos que adotaram a prática do turismo sustentável estão contribuindo cada vez mais para a preservação da natureza e da perpetuação da cultura. Veja:

Bonito (MS)

A cidade fica a 300 Km da capital do estado e é referência internacional em turismo sustentável. Bonito possui um voucher eletrônico que controla e delimita a quantidade de turistas em cada atrativo

Lima Duarte e Santa Rita do Ibitipoca (MG)

As duas cidades estão localizadas dentro do Parque Estadual do Ibitipoca, no estado de Minas Gerais que, além da sinalização de acordo com as normas de sustentabilidade, o parque mantém medidas restritivas para controlar o acesso de visitantes.  

Fernando de Noronha (RJ)

O arquipélago é um dos lugares mais lindos do Brasil e, para manter esta maravilha, tem um rígido controle do número de turistas. Fernando de Noronha ainda possui iniciativas para uso de material reciclado e diminuição da emissão de carbono. Além disso, a comunidade é envolvida em todos os projetos.  

Ilhas Maurício 

É um país da África Oriental que tem uma flora muito rica com mais de 600 espécies de plantas, onde metade são nativas da região. O país estabeleceu áreas de pesca restritas  e envolveu a comunidade na preservação dos corais. 

Tulum (MEX)

Em uma viagem a Tulum, você terá uma experiência inesquecível com a cultura Maia com direito a massagens, tratamentos energéticos, banho de ervas etc. Afinal de contas, sustentabilidade é também preservar a cultura e o modo de fazer dos lugares. 

E aí? Topa praticar um turismo mais sustentável, preservando a natureza e respeitando as culturas e povos das comunidades? Conte com as passagens da MaxMilhas para conhecer um desses lugares! 

Deixe um Comentário