Sala VIP de aeroporto: tudo que você precisa saber sobre acessos e benefícios

Sem tempo para ler o artigo? É só clicar no play para poder ouvir o conteúdo! 😉

Já ouviu falar em Sala VIP de aeroporto? Cada vez mais comuns em aeroportos do mundo todo, esses espaços adaptados para um maior conforto na espera de voos podem se tornar um grande aliado em viagens longas, com conexões que duram várias horas, por exemplo

Mas se você nunca ouviu falar em Sala VIP (ou se até já ouviu, mas acha que não está no grupo de pessoas que podem acessá-la), pode ficar tranquilo: vamos te contar agora tudo que você precisa saber sobre esses pedacinhos dos aeroportos! 

Afinal, o que é a sala VIP? 

A primeira dúvida que deve surgir na sua cabeça é a respeito do que, de fato, é uma sala VIP. 

Quando falamos de sala VIP em aeroportos, estamos basicamente dizendo de espaços especiais usados para quem vai aguardar voos. Também conhecido como lounges, esses locais investem no conforto e na comodidade dos passageiros, oferecendo serviços que variam de um espaço para o outro. 

Além de comidas e bebidas à vontade, algumas das conveniências que você pode esperar, por exemplo, são TVs, internet, tomadas, sofás, impressoras e em alguns casos até mesmo chuveiros, camas e salas de reuniões. 

E o quão VIP é a sala VIP? 

Apesar do nome, a sala VIP de aeroportos não é necessariamente um espaço destinado apenas à clientes especiais. São muitas as opções de acesso aos lounges e, ainda que este represente um valor fora do planejado para a viagem, pode ser que essa seja a opção que mais te faz economizar (pensando nos preços de alimentação de aeroportos, por exemplo) e te permite uma passagem mais confortável e tranquila durante uma conexão longa.

Vamos passar agora pelas opções mais utilizadas para o ingresso em uma sala VIP!   

Como você pode utilizar a Sala VIP? 

1. Clubes de acesso 

Uma das formas de conseguir acesso a um grande número de  salas VIP ao redor do mundo é ser parte de um Clube de Acesso. A ideia é que, por meio da assinatura, você tenha direito ao acesso à lounges de aeroportos tanto nacionais quanto internacionais. 

Os três clubes de acesso mais populares são: 

Priority Pass

Para quem gosta de sala VIP, o Priority Pass pode ser um clube de acesso bem versátil, uma vez que ele te dá acesso a mais de 1.300 espaços em aeroportos espalhados por todo o mundo. 

Você pode escolher dentre três opções de assinatura anuais: 

  • Plano Standard:  no plano mais básico, você paga um valor de US$99 anualmente e, sempre que for utilizar uma sala VIP, um valor adicional de US$32. Você consegue que um acompanhante pague também a quantia de US$32 quando for utilizar o espaço do lounge;
  • Plano Standard Plus: pelo valor de US$299 anualmente, você tem direito a entrar em até 10 salas VIPs ao longo do ano. A partir da 11° visita a uma sala VIP, você paga o valor de US$32 pelo uso. Em todos os casos, você tem direito a um acompanhante pelo valor adicional de US$32; 
  • Plano Prestige: no plano mais completo, você paga o valor de US$429 e tem acesso ilimitado a salas VIP de aeroportos ao longo do ano. Seus acompanhantes continuam tendo de pagar a quantia de US$32 para o uso do lounge junto com você. 
LoungeKey

Apesar de ser dos mesmos donos do Priority Pass, o LoungeKey funciona de maneira diferente: para fazer a assinatura no clube, você tem que ter pelo menos um do cartões de crédito parceiros. No Brasil, os cartões que te permitem ser membro são os Mastercard Black, Visa Infinite e Elo Nanquim.

Além de mais de 1.000 salas VIP, esse clube de acesso ainda te dá direito à mais de 760 ofertas exclusivas de alimentação, compras e spas espalhadas por aeroportos nacionais e internacionais.   

Outro ponto importante é saber que, para cada cartão de crédito, você consegue diferentes benefícios nas salas VIP. Isso quer dizer que enquanto alguns assinantes têm acesso pago ao lounges, outros têm acesso ilimitado e gratuito às salas VIP. Essa lógica também funciona para os outros benefícios do LoungeKey. 

LoungePass

No LoungePass você paga apenas pelo dia que usa sala VIP. São mais de 600 lounges espalhados pelo mundo e, no Brasil, você pode fazer uso do LoungePass em Guarulhos (SP), no Galeão (RJ), Hercílio Luz (FLN), além dos aeroportos internacionais de Brasília e Manaus. Os preços variam de US$28 a US$105 dependendo da sala VIP.

Ah, e esse clube demanda que você reserve seu lugar na sala antes de utilizá-la 😉 

Dica da MaxMilhas: se você viaja bastante e está sempre precisando de uma sala VIP, os clubes de acesso podem ser fonte de muita economia. Se sua frequência de viagens for menor, pode ser que outras opções sejam mais viáveis. 

2. Programas de fidelidade das companhias aéreas 

Se você é membro de um dos programas de fidelidade das companhias aéreas, você também pode conseguir fazer uso de uma sala VIP enquanto espera seu voo. Por isso, se você é cadastrado no Smiles (GOL), TudoAzul (AZUL) e/ou LATAM Pass, é interessante que você cheque seus pontos e os benefícios que eles desbloqueiam antes de ir para o aeroporto. 

3. Usando cartões de créditos específicos 

Outra maneira de conseguir acesso a uma sala VIP e ter mais comodidade enquanto espera seu voo é utilizando um dos cartões de crédito que te dão prioridade aos lounges. 

Diners Club: te dá acesso a 9 salas VIP no Brasil e a mais de 400 outras espalhadas por aeroportos no exterior. É preciso confirmar em cada lounge parceiro o valor de entrada para usuários do cartão, além da possibilidade de acompanhantes.  

American Express: em caso de salas VIP domésticas, você pode desfrutar de 5 espaços (presentes no Rio de Janeiro, Brasília, Manaus, Recife, Fortaleza e Guarulhos), caso seja usuário de um dos cartões do Bradesco Gold Card, Bradesco The Platinum Card ou Bradesco Visa Infinite. No caso de salas VIP internacionais, apenas usuários do The Platinum Card conseguem acesso aos lounges.

4. em classe executiva ou primeira classe

Você sabia que ter uma passagem em Classe Executiva ou Primeira Classe te dá direto o acesso à salas VIP? Apesar das condições poderem mudar de companhia para companhia, se você está viajando em uma dessas condições, é interessante dar uma olhada a respeito da possibilidade de acessar uma sala VIP com o seu cartão de embarque. 

5. Pagamento avulso

Se nenhuma das opções citadas forem viáveis, mas ainda assim você quiser muito utilizar uma sala VIP, não tem problema: em algumas salas VIP, você ainda tem a alternativa de pagar sua entrada em um dos lounges de forma avulsa! 

Dica da MaxMilhas: comprando passagens com a MaxMilhas você tem descontos especiais nos lounges da Ambaar, presentes nos aeroportos de Belo Horizonte (CFN) e São Paulo (GRU). 

Vale à pena usar a sala VIP? 

Acreditamos que essa seja a maior dúvida da maioria das pessoas. Mas a verdade é que não existe uma única resposta correta. Se pudermos tentar te ajudar a chegar em um veredito final, nossa dica é colocar na balança, pois a sala VIP é um serviço que vale à pena apenas dependendo da situação.

Por exemplo, se você vai fazer uma viagem em que a conexão é longa, te deixando de molho por muitas horas, pode ser que a sala VIP seja um oásis em meio à turbulência de um aeroporto. Em outros casos, em que a conexão seja mais curta, vale mais à pena dar uma volta pelo aeroporto e se distrair nas salas de embarque comuns, com livros, séries, palavras cruzadas, uma soneca rápida ou até mesmo uma volta pela cidade em que parou para fazer a conexão. 

Em resumo: analise sua situação de voo antes de decidir! Entender o tempo que você teria em mãos e o que pode ser feito com ele pode te mostrar a sala VIP como um investimento ou como um gasto desnecessário. 

 

E aí, com sala VIP ou não, já escolheu seu próximo destino? Seja ele qual for, a gente te ajuda a chegar lá! 😉 

Deixe um Comentário