Existe mesmo um melhor horário para comprar passagens aéreas?

Você já deve ter ouvido recomendações sobre o melhor horário para comprar passagens aéreas internacionais ou domésticas, não é mesmo? Sim, sabemos que muita gente faz plantão de madrugada, esperando pelas melhores ofertas.

Mas até que ponto isso é verdade ou lenda? Vale a pena perder uma noite de sono à espera daquela oferta incrível?

Foi pra esclarecer essas e outras dúvidas que escrevemos este artigo. A gente adora viajar e falar sobre o assunto. Então, convidamos você para um bate-papo sobre o nosso tópico favorito. Então, fique à vontade e prepare-se pra decolagem!

Melhor horário para comprar passagens aéreas: mito ou verdade?

Assim como você, muitas pessoas ficam intrigadas com essa história de melhor horário para comprar passagem aérea em promoção. Aquela viagem para matar as saudades do amor que mora longe ou da família fica melhor se for mais barata, não é mesmo? Aposto que você já perdeu muitas horas de sono à caça de ofertas!

Bem, já que estamos há muito tempo na estrada (e dentro dos aviões!), nós, da MaxMilhas, podemos ajudar a tirar essas dúvidas.

Terça, quarta ou fins de semana?

Muita gente acredita que o dia do milagre é terça-feira, enquanto outros afirmam ser a quarta. Outros recomendam a compra nos fins de semana.

No entanto, os preços estão sujeitos a uma série de fatores, não diretamente ligados a um dia da semana específico. Veja o que pode influenciar nos preços:

  • a própria rota (se é um destino muito procurado ou não);
  • número de companhias aéreas operando naquela rota, ou seja, a concorrência;
  • a alta ou baixa estação;
  • a proximidade das férias ou de eventos importantes no destino;
  • estratégias de marketing pra promover uma rota inaugural;
  • o dia em que você vai voar (e não o dia em que você vai comprar).

Na realidade, os preços podem variar dentro de uma única semana, o que torna difícil uma previsão confiável pra determinado dia. Então, se você encontrar um ótimo preço, seja terça, quarta ou outro dia, não espere: reserve logo!

Não é possível ter certeza do melhor horário para comprar passagem aérea — a não ser que a companhia faça promoções específicas, anunciando preços baixos de sexta-feira até domingo, como algumas fazem.

O barato pode sair caro

O conceito de caro ou barato é relativo. Um bom viajante sempre confere minuciosamente todas as condições daquela oferta aparentemente imperdível.

O voo sai muito cedo? As conexões são apertadas? Chega ao destino tarde da noite? Como fazer pra ir do aeroporto até o centro da cidade?

Na ânsia de agarrar logo a tarifa mais baixa, você pode viver algumas situações indesejadas:

  • pagar caro pra despachar a mala no aeroporto, pois o precinho camarada só incluía bagagem de mão;
  • pagar uma fortuna pelo lanche no avião, pois o voo era muito cedo e não ter tempo de tomar café (algumas aéreas low cost cobram até pelo amendoim!);
  • pagar também pelo fone de ouvido, pra ter música e vídeos durante um voo longo;
  • correr muito em um aeroporto desconhecido e lotado pra mudar de portão de embarque em uma conexão apertadíssima;
  • gastar 24 horas pulando de aeroporto em aeroporto no voo mais barato que inclui várias conexões longas, enquanto o voo direto noturno dura 9 horas;
  • sair no frio das 3 horas da manhã pra estar no aeroporto às 4, e embarcar no voo baratinho às 6;
  • chegar ao aeroporto de uma cidade desconhecida à meia-noite e descobrir que não há mais ônibus circulando;
  • e o que é pior: descobrir muito tarde que aquela tarifa supereconômica não dava direito a milhas, quando já contava com elas pra próxima viagem!

Depois disso tudo, não é difícil concluir que o barato pode sair caro. Somando todos os gastos extras com táxis tarde da noite, pernoites e lanches em aeroportos e aviões, o mito do precinho camarada cai por terra.

O que realmente funciona

Ser flexível nas datas, voar na baixa temporada e pesquisar cuidadosamente pra comparar preços são dicas que realmente funcionam. Existem ótimos aplicativos de busca que facilitam muito essa tarefa.

A gente tem uma dica útil: ligar pra central de reservas da companhia aérea e tirar todas as dúvidas com o atendente, antes de fechar a compra pela internet. É nessa conversa que você pergunta tudo, inclusive sobre a ocupação do avião.

Se disserem que está quase cheio, a probabilidade de haver uma redução de preços nos próximos dias é praticamente nula. Agradeça, desligue e compre pelo site, pois a compra diretamente na central de reservas também costuma incluir taxas.

E a dica de ouro: fique de olho nas milhas! Mesmo que não tenha o suficiente pra um bilhete-prêmio ou pra cobrir um trecho, você pode usar milhas de outros viajantes ou até vender as suas pra ganhar um dinheiro extra. Ainda vamos falar mais sobre isso neste artigo.

Esclarecida a questão do melhor horário pra comprar passagens, relaxe. Não precisa varar a madrugada esperando por ofertas. A não ser, claro, que a companhia aérea anuncie a venda só para aquele horário determinado.

Se não for assim, pesquise e planeje com antecedência, compre a passagem mais adequada ao seu caso, durma seu sono de beleza e prepare-se pra decolar!

Quer facilitar sua vida de viajante?

Não importa se você viaja pra namorar, a negócios ou pra conhecer outras culturas e lugares diferentes. É sempre bom contar com recursos que deixem a experiência mais proveitosa. Felizmente, a tecnologia facilita muito a vida do viajante!

A internet

Por incrível que pareça, ainda existe gente com preguiça de usar a internet pra pesquisar e que ignora muitos recursos disponíveis na rede. Hoje em dia, com um smartphone e uma conexão com a internet, você tem o mundo ao alcance da mão.

Por isso, escolha acomodações que oferecem wi-fi. Outra boa dica é comprar um chip de uma operadora local e contratar um pacote de dados pra ter internet longe de casa. Isso vale principalmente em viagens internacionais.

E aqui vai mais uma recomendação nossa: procure ter uma noção da quantidade de dados ideal pra você. Em uma viagem a Portugal, você pode contratar um pacote de 6 GB da Lycamobile por 30 euros. Você pode usar o WhatsApp à vontade, responder e-mails, mandar fotos e vídeos, usar redes sociais e fazer mil pesquisas no Google. E ainda é capaz de você não usar todo o pacote!

Pelo smartphone, você pode fazer reservas e check-in, descobrir horários de transporte público, checar a distância até o aeroporto, ler sobre as melhores atrações, conferir a programação de cinemas e teatros, localizar restaurantes e tudo o necessário pra seu lazer.

Graças à internet, você conta com uma grande variedade de sites e aplicativos úteis pra viajantes. Veja alguns bons exemplos:

MaxMilhas (somos nós!)

Possibilita a compra de passagens com desconto emitidas pelas milhas que outros viajantes disponibilizam no site. Isso rende ótimos descontos.

Ao mesmo tempo, se você tem muitas milhas e quer transformá-las em dinheiro, o site negocia o melhor valor. E compara os preços das companhias aéreas e o preço com milhas, pra você escolher o melhor.

Google Flights

A gente já disse que não é possível determinar com segurança o melhor horário pra comprar passagens aéreas, mas podemos usar o Google pra acionar seu gigantesco banco de dados e levantar informações preciosas sobre voos.

O Google Flights é um buscador que mostra possibilidades que nem sempre aparecem em outros bons buscadores, como Skyscanner, Momondo ou Decolar.

E como nada escapa ao poderoso olho do Google, a ferramenta analisa o histórico do voo de seu interesse e alerta quando os preços tendem a aumentar, pra que você faça a reserva o quanto antes.

Google Maps

Existem bons aplicativos gratuitos de mapas, como o Maps.me pra iPhone e Android, que você pode baixar e usar offline. Mas se você já contratou o pacote de dados e seu celular não tem espaço pra baixar um monte de aplicativos, o Google Maps resolve. É só habilitar o localizador que ele “te acha” e mostra o caminho.

Melhores Destinos

Você pode usar o buscador de passagens no site ou então baixar o aplicativo no celular. Eles te avisam das melhores promoções pra vários destinos por e-mail ou aplicativo.

O site também traz avaliações reais de passageiros sobre voos de diferentes companhias.

Airbnb

Pra quem procura um contato mais próximo com a cultura local, o melhor é se hospedar na casa de um legítimo morador do lugar. No Airbnb você pode alugar uma residência particular pra passar os dias!

Se preferir, pode também alugar um apartamento inteiro e ter mais privacidade com o seu amor em uma viagem romântica.

O site cobra uma taxa de serviço e o anfitrião pode cobrar pela limpeza, mas mesmo assim os preços são bem convidativos se comparados aos dos hotéis.

 

Já está com malas prontas? A gente te entende. Com a MaxMilhas, você consegue encontrar passagens mais baratas para os mais variados destinos. Partiu próxima aventura? 😉

Deixe um Comentário