Bagagem de mão: entenda as exigências das companhias

Além das malas despachadas, as bagagens de mãos tem regras que precisam ser cumpridas. Entenda quais são para embarcar sem dor de cabeça!

Não faz muito tempo que grandes mudanças afetaram os passageiros de todo o Brasil. A ANAC alterou a regulamentação de bagagens e as companhias aéreas começaram a cobrar pelo despacho de malas em voos nacionais.

Com isso, muitas pessoas priorizaram a bagagem de mão na hora de viajar. Assim, não seria necessário ter mais um gasto no embarque. Só que essas bagagens também tem regulamentações, que são conferidas minuciosamente pelas empresas de transporte aéreo.

Para facilitar o seu voo, a gente te explica o que sua bagagem de mão precisa ter para voar sem problemas. Vamos nessa? 😉

Bagagem de mão ou item pessoal?

Além da bagagem despachada e da bagagem de mão, as companhias aéreas caracterizam alguns itens como itens pessoais.

É importante entender que item pessoal não é uma bagagem de mão. São itens pessoais bolsas, notebooks, tablets ou sacolas de lojas compradas dentro da sala de embarque.

Cuidado para não exagerar! Quando falamos em bolsas, não são as típicas bolsas de academia. Elas entram na parte de bagagem de mão.

Medidas e tamanhos padrões das malas de mão

Válida para AZUL, GOL e LATAM, a medida padrão de tamanho das malas são de 55 centímetros de altura, 35 centímetros de largura e 25 centímetros de profundidade. Esse limite conta as rodinhas, alças laterais e puxador. Então, redobre a atenção!

As exigências não ficam apenas na dimensão das bagagens. As companhias também conferem o peso das malas, que não pode passar de 10 quilos.

Como é feita a fiscalização?

Antes mesmo do raio-x que leva os passageiros para a sala de embarque, é feita uma fiscalização padrão para averiguar se a bagagem de mão cumpre os limites impostos pelas companhias.

Ela é feita através de uma caixa padrão das empresas, inserindo as malas nesta caixa para bater as medidas. Se a mala couber, você pode passar normalmente. Se não…

O que acontece caso a bagagem ultrapasse as medidas?

Neste caso, você precisará voltar ao check-in e deve despachar a mala. É cobrada a taxa padrão de cada empresa, que a gente descreve abaixo.

  • Azul: R$ 60 com antecedência e R$ 120 no aeroporto;
  • Gol: R$ 60 com antecedência e R$ 120 no aeroporto;
  • Latam: R$ 59 com antecedência e R$ 120 no aeroporto.

Prepare a mala com antecedência para não ser pego de surpresa e acabar pagando um valor a mais do que deveria.

Tirou suas dúvidas sobre a bagagem de mão? Então, compartilhe esse conteúdo nas suas redes para ajudar os seus amigos que estão prestes a viajar! 😉

Deixe um Comentário